FAQ

Perguntas frequentes

Não. A manutenção se resume a limpeza das placas. A chuva fará esse trabalho para você. Caso fique uns 4 meses sem chover, e você observar que as placas estão sujas, o ideal é passar um pano nos painéis.

Após os 25 anos ele continua funcionando. Provavelmente produzindo 20% menos energia do que no primeiro dia que você comprou (a vida útil dos painéis pode chegar a 50 anos se for bem feito).

Esta modalidade tornou possível, aqueles que não possuem locais com espaço ou sol suficiente, produzirem a sua energia.

Em muitas unidades consumidoras não possuem espaço para instalar energia solar, ou mesmo não são proprietários dos imóveis que estão ocupando e não podem fazer esta instalação. Na modalidade de autoconsumo remoto é possível você utilizar um terreno de sua propriedade para construir um sistema fotovoltaico ou até mesmo o telhado de sua residência e usar a produção de energia dele para abater a sua conta de luz, na cidade, por exemplo.  Assim você pode produzir energia em outro local para reduzir a sua conta de luz caso você não tenha o espaço ou a condição favorável.
Obs: É importante lembrar que você só pode fazer isso desde que esteja dentro da mesma área da distribuidora. Exemplo: Você tem um apartamento em BELÉM que a conta é da CELPA e possui uma chácara onde a conta também é CELPA.

Os montantes de energia produzida em excesso e injetada, que não forem compensados no local que produziu, poderão ser utilizados para compensar o consumo de outras locais desde que esteja cadastrados para esse fim e atendidos pela mesma distribuidora de energia, cujo titular seja o mesmo, tanto para pessoas físicas como para empresas.

O que se divide é apenas o excedente. Aquilo que foi consumido durante o dia na unidade consumidora não é contabilizado. Do crédito excedente que se deve informar na documentação de solicitação de acesso, a porcentagem que vai ser compensada em cada unidade consumidora. Lembrando que as unidades consumidoras beneficiadas devem estar com o mesmo CPF ou CNPJ.

Divide-se toda a geração de energia entre as unidades consumidoras.

Com um inversor fotovoltaico de qualidade, quando conectado na Internet, você vai poder ver a produção de energia solar em tempo real de qualquer celular, tablet ou computador em qualquer lugar do mundo! Além disso este sistema vai armazenar as informações de produção dos meses e você poderá comparar quais meses o seu sistema funcionou melhor.

Se você é um grande consumidor de energia elétrica, provavelmente você paga a energia consumida pela tarifa de ponta e fora de ponta. Ou seja, você paga mais caro para consumir energia no horário de pico.

Neste caso, os créditos de energia  são compensados de acordo com uma formula simples:
Exemplo: Se você paga 7 vezes mais pela energia consumida no horário de ponta, você precisa gerar 7 vezes mais créditos fora de ponta. 

Ex: 
Tarifa fora de ponta R$ 0,45 / kWh
Tarifa no horário de ponta 7 vezes maior = R$ 3,15 / kWh

Para compensar 100 kWh consumidos no horário de ponta você precisa gerar 700kWh no horário fora de ponta.

Ele não funciona de noite. Você gera créditos durante o dia para abater o seu consumo da noite. 

Todos os sistemas fotovoltaicos devem ser aterrados por uma questão de segurança. Os painéis são aterrados na estrutura e a estrutura à malha de aterramento da casa ou empreendimento.